Nota de repúdio

Nota de repúdio

destaque, Sindicatos

A Federação dos Sindicatos dos Servidores e Funcionários Públicos das Câmaras de Vereadores, Fundações, Autarquias e Prefeituras Municipais do Estado de São Paulo repudia veementemente a fala costumeira e agressiva do ministro da Economia Paulo Guedes, “o servidor não vai ficar em casa trancado, com a geladeira cheia, enquanto milhões de brasileiros estão perdendo emprego”, na qual joga a população contra a categoria que vem trabalhando na linha de frente do combate à pandemia do Covid-19.

Neste momento é indispensável, mais uma vez, a união da classe trabalhadora a defesa da vida e dos direitos da categoria.

Enquanto o povo aplaude os servidores nas janelas, Guedes ataca.

“O ministro da Economia, Paulo Guedes, mais uma vez, deixa claro o seu total desconhecimento do Brasil e da nossa gente. Quem sempre frequentou e frequenta os corredores e gabinetes das grandes corporações e dos Bancos não conhece a realidade dos trabalhadores e servidores nos municípios, nos estados e no país.

O Servidor Público, nesta Pandemia, tem sido a linha de frente no combate ao Covid-19, colocando sua vida em risco. Quer maior sacrifício que este? A Confederação Nacional dos Servidores Públicos Municipais repudia as declarações de Paulo Guedes.”

Destaca Aires Ribeiro, presidente da FESSPMESP e da CSPM

Destacamos aqui, alguns dos muitos exemplos trágicos de servidores públicos que infelizmente perderam suas vidas trabalhando na contensão da pandemia.

o companheiro Luiz Claudio Bernardo, diretor do Sindicato dos Empregados na Saúde de Osasco e Região, do SUEESSOR, que ficou hospitalizado por uma semana, faleceu, vítima do novo coronavírus

Na foto acima, o companheiro Luiz Claudio Bernardo, diretor do Sindicato dos Empregados na Saúde de Osasco e Região, do SUEESSOR, que ficou hospitalizado por uma semana, faleceu, vítima do novo coronavírus.

 

técnica de enfermagem, que trabalhava no Hospital Municipal de Urgências (HMU) teve o seu falecimento confirmado por Covid-19

Cris Silva, na foto acima, técnica de enfermagem, que trabalhava no Hospital Municipal de Urgências (HMU) teve o seu falecimento confirmado por Covid-19.

 

Amilton A Moura Rodrigues, ultimamente trabalhava na fiscalização da falta de EPI’s para servidores públicos na área da saúde, atualmente encontra-se internado com suspeita de coronavírus.

Amilton A Moura Rodrigues, ultimamente trabalhava na fiscalização da falta de EPI’s para o Sindicato dos Empregados na Saúde de Osasco e Região, na área da saúde, atualmente encontra-se internado com suspeita de coronavírus.

 

 

28 de abril de 2020

Aires Ribeiro, presidente da FESSPMESP e da CSPM

 

FESSPMESP CSPM

2 comments

  • Fora Bolsonaro e seus cupinchas! Paulo Guedes é um lobo a caça de cordeiros…está lá pra defender mega empresários e banqueiros.

  • É muito importante imitir essa nota de repúdio, mostra que a Federação esta atenta na defesa de nossa categoria.
    Obs. A nota da CSPM ficou melhor pra divulgar, as pessoas não gostam muito de ler matérias extensas.

Deixe uma resposta